CID 10 - Classificação Internacional de Doenças, 10ª Revisão

Índice alfabético da CID-10: T

Intoxicação por tabaco crônica F17.0

Artropatia Tabética A52.1 + M14.6 *

Taboparalich A52.1

Taboparesia (remissão) A52.1

  • - com
    • - úlcera de perfuração
    • - expansão da bexiga A52.1
  • - jovem A50.4

Talassemia (anemia) (doença) D56.9

Taquicardia R00.0

Taquipneia r06.8

  • - histérica F45.3
  • - transitório no recém-nascido P22.1

Teleangiectasia ( verruga ) I78.1

  • - ataxic (cerebelar) G11.3
  • - hereditária hemorrágica (congênita) (senil) I78.0
  • - aracnídeo I78.1

Tendinite M77.9

Tenonite de olho (cápsulas) H05.0

Tenosynovit M65.9

Tetrad Fallot Q21.3

Timpânica H73.8

Timpanosclerose H74.0

Tinha (intersecta) (tarsi) B35.9

Tireoidite E06.9

Tireotoxicose (recorrente) E05.9

  • - causado
    • - hipersecreção do hormônio estimulador da tiróide E05.8
    • - causa esclarecida de NKD E05.8
    • - nó ou tecido ectópico da tiróide E05.3
  • - artificial E05.4
  • - recém-nascido P72.1
  • - com bócio (difuso) E05.0

Febre tifoide A75.9

Febre tifóide (naya) (abortiva) (ambulatorial) (hemorrágica) (maligna) (infecciosa) (febre) (intermitente) (reumática) A01.0

Toxemia R68,8

  • - associado à fadiga R68.8
  • - séptico A41.9
  • - N19 urêmico

Toxemia R68.8 - Grávida ( pré-eclâmptica ) O14.9

  • - efeito no feto ou recém-nascido P00.0

Abuso de substâncias F10-F19 com o quarto sinal .2

Toxoplasmose (Adquirida) B58.9

  • - congênita (aguda) (subaguda) (crônica) P37.1
  • - como suspeita de deficiência fetal que afeta o manejo da gravidez O35.8
  • - mãe, afetando o feto ou recém-nascido P00.2

Amigdalite (gangrenosa) (infecciosa) (aguda) (subaguda) (séptico) (folicular) (ulcerativa) (lingual) J03.9

Tortikolliz espástica M43.6

Lesão (s)

Transposição (congênita)

  • - órgãos internos (abdominais) (torácicos) Q89.3
  • - estômago q40.2
  • - dente (s) K07.3
  • - intestino grosso (fino) Q43.8
  • - grandes embarcações (cheias) (parciais) Q20.3
  • - corações Q24.0

Transexualismo F64.0

Pé de trincheira ou braço T69.0

Traqueíte (viral) (infantil) (catarral) (membranosa) (aguda) (plástico) (pneumocócica) J04.1

  • - crônica J42

Traqueobronquite

  • - influenza J11.1
  • - agudo ou subagudo J20.9
  • - senil (crônico) J42
  • - em pessoas
    • - 15 anos e mais velhos J40
    • - menores de 15 anos de idade J20.-
  • - crônica J42

Tracoma a71.9

Tremor R25.1

  • - família Q25.0
  • - R54 senil

Crack

Tripanossomíase SOE (em áreas com predomínio da tripanossomíase africana) B56.9

Triquíase do século H02.0

Triquinose B75

Tricomoníase A59.9

Tricocefalose B79

Tromboangiite obliterante (comum) I73.1

Trombose (veias) (múltipla) (progressiva) (séptica) (vaso) I82.9

  • - aorta I74.1
  • - artéria basilar I65.1
  • - mesentério (artérias) (com gangrena) K55.0
  • - veia porta I81
  • - pulmonar (artéria) (veia) i26.9
  • - pós-parto O87.9
    • - veias profundas O87.1
    • - cérebro (arterial) O99.4
      • --- venoso (seio) O87.3
    • - artéria pulmonar O88.2
    • - veias superficiais O87.0
  • - em mulheres grávidas O22.9
    • - veias profundas O22.3

Tromboflebite I80.9

  • - seio venoso intracraniano G08
  • - veia porta K75.1
  • - migrante I82.1
  • - membro inferior i80.3
  • - pós-parto, período pós-parto (vasos superficiais) O87.0
  • - pré-natal (vasos superficiais) O22.2
  • - vasos pélvicos

Trombocitopatia D69.1

Trombocitopenia D69.6

  • - congênita D69.4
  • - secundário D69.5
  • - idiopático D69.3
  • - NKD primária D69.4
  • - pós-parto O72.3
  • - o recém-nascido é transiente P61.0
    • - causado
      • --- trombocitopenia materna idiopática P61.0
      • --- isoimunização P61.0
      • --- transfusão de câmbio P61.0
  • - essencial D69.3

Tuberculose (gangrena) (degeneração) (caseosa) (necrótica) A16.9

Tuberculose

Tularemia, Tularemia A21.9

Busque em MKB-10

Pesquisa por texto:

Pesquisa pelo código ICD 10:

Pesquisa Alfabética

Na Rússia, a Classificação Internacional de Doenças da 10ª revisão ( CID-10 ) foi adotada como um documento regulatório único para explicar a incidência, as causas das chamadas públicas para instituições médicas de todos os departamentos, as causas da morte.

A CID-10 foi introduzida na prática de cuidados de saúde em todo o território da Federação Russa, em 1999, por ordem do Ministério da Saúde da Rússia, datada de 27 de maio de 1997. №170

A liberação de uma nova revisão ( ICD-11 ) está prevista para 2017.