CID 10 - Classificação Internacional de Doenças, 10ª Revisão

OUTROS DISTÚRBIOS DO SISTEMA OSSO-MUSCULAR E DO TECIDO DE CONEXÃO (M95-M99)

M95 Outras deformidades adquiridas do sistema musculoesquelético e do tecido conjuntivo

Excluído: adquirido (s): falta de membros e órgãos (Z89-Z90). deformidades nos membros (M20-M21) anomalias congênitas e deformidades do sistema músculo-esquelético ( Q65-Q79 ) deformes dorsopatias ( M40-M43 ), anomalias maxilofaciais [incluindo anomalias de oclusão] ( K07.- ) distúrbios musculoesqueléticos após procedimentos médicos ( M96 .- )

M96 Afecções musculoesqueléticas após procedimentos médicos, não classificados em outra parte

Excluído: artropatia, transtornos associados ao shunt intestinal ( M02.0 ) associados à osteoporose (M80-M81), presença de implantes funcionais e outras próteses (Z95-Z97)

M99 Perturbações biomecânicas, não classificadas em outra parte

Nota Essa rubrica não deve ser usada se a condição puder ser atribuída a qualquer outra rubrica. Os quintos sinais adicionais que indicam a localização da lesão são indicados para uso opcional com as subposições apropriadas em M99.- ; veja também o código de localização indicado na p. 644. 0 região cervico-occipital região 1 região cervicotorácica região cervical 2 região da mama região lombar-tórax 3 região lombossacral região lombar 4 região sacral sacrococcígea (sacroilíaca) região 5 região pélvica femoral, região pubiana 6 membro inferior 7 Região do membro superior, umeroclavicular, esternoclavicular 8 Tórax costil-cartilaginoso, costal-vertebral, área esternocárpica 9 Área abdominal e outros

Busque em MKB-10

Pesquisa por texto:

Pesquisa pelo código ICD 10:

Pesquisa Alfabética

Na Rússia, a Classificação Internacional de Doenças da 10ª revisão ( CID-10 ) foi adotada como um documento regulatório único para explicar a incidência, as causas das chamadas públicas para instituições médicas de todos os departamentos, as causas da morte.

A CID-10 foi introduzida na prática de cuidados de saúde em todo o território da Federação Russa, em 1999, por ordem do Ministério da Saúde da Rússia, datada de 27 de maio de 1997. №170

A liberação de uma nova revisão ( ICD-11 ) está prevista para 2017.